29 de Abril de 2015 Comentários (0) Artigos & Dicas, Treino & Saúde

Use protetor solar!

Infelizmente o frasco de filtro solar ainda não é encarado como item básico pelos ciclistas. A exposição ao sol faz parte da rotina de quem pedala, as marcas nas pernas e nos braços dos ciclistas são suas marcas registradas. Pedalando nossa pele é bombardeada por raios solares, apesar das advertências sobre os riscos a saúde grande parte dos ciclistas acabam fazendo o uso incorreto dos protetores solares, entre os principais efeitos da exposição excesiva ao sol estão:

  • Queimaduras
  • Envelhecimento precoce
  • Problemas de visão
  • Herpes
  • Acne
  • Alergia ao sol
  • Melasmas
  • Queratose
  • Câncer de pele

Clique aqui e saiba mais sobre essas doenças.

Desempenho

Se nenhum desses problemas lhe comoveu, nessas condições de alta exposição solar, a temperatura corporal começa a aumentar, provocando desgaste físico e uma série de sintomas. Há possibilidade de tonturas, causadas pela desidratação, e dificuldades para respirar, além do risco de queimaduras, que geram um desconforto considerável. Seu desempenho cai e as chances de você “quebrar” aumentam bastante.

Dicas dos atletas

Competidores experientes se utilizam de vários métodos para evitar tais ameaças à pele. Suas estratégias são aconselháveis para qualquer pessoa que se exercite ao sol:

  • Treinar nas primeiras ou últimas horas do dia, mesmo que isso signifique fazer os treinos em 2 sessões;
  • Permanecer fora do sol das 10 às 16 horas;
  • Durante os exercícios, cobrir a pele tanto quanto possível com bermudas longas e camisas de mangas compridas ou similares;
  • Usar meiões para absorver o suor e bloquear a radiação solar;
  • Proteger os olhos com óculos de sol com proteção anti-UV;
  • Usar protetores solares com fator de proteção 15 ou maior em todas as áreas expostas da pele, mesmo se o dia estiver nublado;
  • Usar protetores em bastão para os lábios e também ao redor dos olhos, porque são mais resistentes ao suor;
  • Mesmo se o filtro solar for “à prova d’água”, reaplicá-lo ao sair da água e a cada 2 horas;a.

Estes poucos cuidados fazem grande diferença para a saúde. Pratique-os!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *